top of page
  • Foto do escritorGrupo de trabajo Orcas

O mar de Xinzo de Limia


Mais de 100 alunos do instituto IES Lagoa de Antela realizaram 10 estruturas em cartão recriando diferentes animais marinhos.


No átrio da escola, um total de 105 alunos do 1º ano do ESO construíram diferentes estruturas recriando tubarões, raias, tartarugas marinhas, golfinhos e uma orca em tamanho real; pendurado a 6 metros de altura. O projeto foi coordenado pelos professores Lucia Parente (biologia e geologia) e Horacio González (educação plástica, tecnologia e digitalização).


O processo foi baseado em uma série de objetivos. Estudaram a morfologia dos animais, criando-os em pequena escala em argila. Com a ajuda de uma série de programas de computador digitalizaram as figuras em 3D, editando e modificando as imagens para calcular as dimensões reais dos diferentes animais a serem criados. Estas dimensões foram transferidas para placas de papelão para reconstruir as figuras por acumulação de planos paralelos. Depois de obter um total de 854 peças, juntaram-nas com mais de 3.000 blocos de papelão para conectá-las. Este projeto não poderia ter sido realizado sem a colaboração da Estuches y Embalajes Ourense, que forneceu todas as caixas de papelão para a confecção das figuras, e da Câmara Municipal de Xinzo de Limia, que colaborou na suspensão das figuras.


A maior figura foi a de uma orca que mede mais de 5 m de comprimento, que coroa o lobby. O Mar de Antela foi inaugurado no dia 18 de outubro, onde compareceram todas as autoridades regionais. Entre as diversas atividades realizadas, o CEMMA (Coordenador de Estudo dos Mamíferos Marinhos) ministrou 3 palestras aos alunos do primeiro ano sobre a biologia e anatomia das orcas, auxiliadas pelos diversos materiais elaborados no projeto FriendSHIP orcas, financiado pela Fundação Santander.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page